Como Fazer Um Advertorial Que Converte + Exemplos

Você sabe o que é um advertorial?

Essa técnica está sendo utilizada por grandes empresas online para venderem seus produtos.

Algumas chegando a lucrar milhões de reais.

Mas, você sabia que fazer um advertorial não é algo tão complicado como muitas pessoas pensam?

Continue lendo, porque neste artigo, vou te ensinar o passo a passo para você criar o seu próprio advertorial com uma alta taxa de conversão.

O Que é Um Advertorial?

Advertorial é uma propaganda em forma de conteúdo, normalmente são publicados em grandes portais, onde parecem uma notícia, mas o objetivo principal é vender ou divulgar o nome de alguma marca.

Este é um termo antigo, criado em 1946 pela empresa de livros Merriam-Webster

Eles colocavam suas propagandas nos livros em forma de notícia.

Antigamente, era usado em:

  1. Livros
  2. Jornais
  3. Revistas

Antigamente essa forma de anúncio era muito utilizada em jornais e revistas.

Mas, a grande maioria das empresas não aproveitava o advertorial por um motivo.

Era muito caro.

Mas hoje isso mudou, com o crescimento da internet, qualquer pessoa pode criar o seu advertorial e lucrar muito com isso.

Você não precisa publicá-los em grandes portais para conseguir resultados.

Por isso, nesse artigo, vou te ensinar como fazer advertoriais que convertem muito.

Como Utilizar o Advertorial

como-utilizar
Um advertorial pode se tornar uma ferramenta poderosa, caso você a utilize corretamente.

Assim como várias outras, o advertorial é mais uma técnica de marketing.

E, você só terá bons resultados se o utilizá-lo da maneira correta.

Para facilitar seu entendimento, digamos que existem 3 tipos de trafego que você pode atrair para seu site:

  1. Trafego frio
  2. Trafego morno
  3. Trafego quente

O trafego frio é composto por pessoas que não conhecem sua marca e não possuem interesse no que você faz.

Um exemplo, seria atrair cantores para um site de máquinas agrícolas.

O trafego morno são pessoas que não pensam em comprar de você, mas se interessam pelo seu assunto.

  1. Eles podem conhecer sua marca
  2. Eles podem conhecer o que você vende

Mas não possuem uma dor ou necessidade para querer comprar o seu produto.

Por exemplo, você fala sobre exercícios de alta intensidade e atrai pessoas que querem emagrecer.

E o trafego quente é composto por pessoas que já conhecem sua marca e estão pensando em comprar de você.

Para que seu advertorial tenha uma boa conversão, você precisa atrair um trafego morno, pois:

  • Trafego frio: dificilmente vai se interessar pelo seu produto (a chance de um músico comprar um curso de tratorista é muito pequena)
  • Trafego quente: são propensos a comprar, mas neste caso, seria melhor mandá-los direto para página de vendas do seu produto.

Vantagens

Vantagens

Como já dito, o advertorial é um anúncio escondido.

E, essa é a maior vantagem desse tipo de texto.

Muitas vezes, quando vemos um anúncio, automaticamente ativamos um “alerta” e, ignoramos ou saímos da página onde este anúncio está.

Isso não acontece com os advertoriais, pois, eles não parecem anúncios.

O seu objetivo deve ser escrever um texto de qualidade que falem bem sobre seu produto, mas que não pareçam anúncios.

Curiosidade: uma empresa que faz muito bem esse tipo de anúncio é a empiricus (depois que a pessoa se inscreve em sua lista de e-mails), dessa maneira, eles conseguem um faturamento de vários milhões de reais anualmente.

Agora, vamos a parte prática.

Como Fazer Um Advertorial Que Converte

Como-fazer-um-advertorial-que-converte

Resumidamente, um advertorial deve ter 3 partes:

  1. Headline
  2. Conteúdo informativo
  3. Conteúdo de vendas

Se você seguir esses 3 passos com excelência, terá resultados incríveis com seu advertorial.

Mas existe 1 passo que vem antes de todos esses.

Entender

Antes de escrever seu editorial, você precisa entender algumas coisas básicas, mas que muitas pessoas deixam passar.

1º Entender

Entender-o-público
Qual é seu público? Em quais locais eles buscam notícias na internet?

Um advertorial é um anúncio disfarçado de notícia.

Partindo desse pressuposto, você logo vai perceber que se torna necessário entender algumas coisas para se fazer um advertorial bem sucedido:

  1. Público-alvo
  2. Regras dos portais de divulgação
  3. Formatação do texto
  4. Onde colocar as imagens

Conhecer o público-alvo é algo extremamente importante, mesmo que você nunca tenha feito um advertorial.

Ao saber quem é o seu público alvo, você poderá descobrir qual a notícia que mais interessaria essa pessoa.

Por exemplo, um público alvo de meninas de 18 a 25 anos que querem emagrecer, gostaria de notícias como:

  • Nova dieta revoluciona o mundo do nutricionismo
  • Esta menina perdeu 15kg em 20 dias e, quer ensinar como fez isso
  • Finalmente! Novo método de emagrecimento criado cientistas finalmente é lançado

Ao conhecer o seu público alvo, você consegue atingi-lo com mais força.

Já nos outros passos, a sua tarefa é fazer a sua notícia o mais similar com as outras possível, copiando a formatação, onde colocam as imagens, etc.

2º Headline

Após fazer a pesquisa com seu público, está na hora de começar a escrever o seu título.

Existem muitas técnicas para se criar títulos e vários modelos pronto, mas nesse caso, podem não ser uma boa ideia.

Normalmente a divulgação de advertoriais é algo que vai gerar um bom custo, por isso, não dependa de fórmulas ou modelos para fazer os seus títulos.

O que nós recomendamos é algo mais garantido.

  1. Faça uma lista com 25 possíveis títulos para o seu advertorial (títulos que geram curiosidade normalmente são ótimas opções)
  2. Escolha os 5 melhores
  3. Crie mais 20 títulos parecidos com esses top 5.
  4. Escolha os 3 melhores e, espere 1 dia.
  5. Agora faça testes com esses 3 títulos em seu advertorial ou apenas escolha o vencedor.

Essa é uma versão modificada de como várias empresas de conteúdos criam os títulos de seus artigos.

Com ela, você vai fazer seu cérebro trabalhar e buscar as melhores alternativas.

3º Conteúdo Informativo

O conteúdo informativo deve ocupar em média 70% de todo o seu texto.

Todos nós temos um certo alerta contra anúncios.

Por isso, se a pessoa chegar em seu texto e, logo de cara perceber que ele é um anúncio direto para seu produto, essa pessoa não vai continuar lendo o artigo.

Por isso, existem 2 opções de artigos que são os mais recomendáveis:

  • Artigos com histórias
  • Artigos com tutoriais

Artigo com Histórias

Você vai criar uma história que leve ao seu produto.

Talvez mostrando como o seu produto ajudou essa pessoa e o que ela passou antes de conhecê-lo.

Algumas dicas são:

    1. Utilize um inimigo em comum (EX: a mídia não quer que nós saibamos disso …)
    2. Estude storytelling
    3. Utilize histórias reais (como a história de algum cliente)
    4. Mostre como a pessoa saiu da mesma dor que o leitor está após descobrir o seu produto
    5. Busque colocar provas como comentários positivos e pesquisas de que seu produto é confiável no meio do artigo
      (EX: “enquanto eu procurava mais informações sobre o produto, encontrei um vídeo do Dráuzio Varela e, até ele falava bem desse produto, parece que uma pesquisa comprovou que ele acelerava o metabolismo e a queima de gordura em 87%”)
    6. Termine sua história com um desfecho feliz, afinal, você quer associar seu produto a algo bom.

Lembre-se que durante a história, você deve evitar ao máximo parecer que está divulgando algum produto.

A história deve apenas mostrar como alguém chegou ao seu produto (e falar bem dele, mas não exagere).

Artigo Com Tutoriais

Basicamente, aqui você vai ensinar ao leitor a fazer algo com seu produto.

Por exemplo, “As 23 Manchas Mais Comuns em Blusas e Como Removê-las Com Vanish”.

Para fazer um artigo desse tipo que seja bem sucedido, você precisa seguir os passos abaixo:

  1. Identifique as maiores dores de seu público
  2. Escreva um advertorial ensinando como o seu produto vai ajudar essa pessoa a acabar com essas dores
  3. Normalmente esse tipo de artigo funciona mais com produtos físicos.

4º Conteúdo de Vendas

vender

Finalmente chegamos na parte mais importante.

A parte que vai separar advertoriais de sucesso de advertoriais fracassados.

Durante o advertorial inteiro você falou bem de seu produto, mas tomou muito cuidado para não mostrar que isso era uma propaganda.

E, isso não pode mudar agora.

Durante essa parte, siga estas dicas:

  1. Coloque poucos links de vendas
  2. Mostre ao leitor como ele pode comprar o produto, mas não deixe na cara que é uma tentativa de venda (EX: “se você quiser saber mais sobre o produto X, pode acessar essa página” é bem mais discreto que “clique aqui, adquira o produto e emagreça 10 quilos em 39 dias”)

Exemplos de Advertoriais

Agora que você já conhece como se faz um advertorial de sucesso, eu separei alguns exemplos para que você possa estudar.

O primeiro é um exemplo do Sebrae que foi publicado no G1.

advertorial-sebrae-no-g1

Como este é um um manual gratuito que eles estão oferecendo, o Sebrae foi direto ao ponto, sem histórias ou tutoriais.

Os primeiros, foram encontrados no site do G1.

Acesse por essa url: http://g1.globo.com/minas-gerais/especial-publicitario/sebrae/historias-de-sucesso/noticia/2015/10/guia-do-sebrae-mostra-uma-nova-forma-de-empreender.html

Já este aqui, busca vender um curso de copywriting, mas de uma maneira bem diferente, aproveitando o novo meme da internet, a Bettina.

Advertorial-betinna
Acesse por essa url: https://cursos.sbcopy.com.br/bettina/

E, por último, este é um exemplo de advertorial utilizado por afiliados que vendem produtos físicos:

exemplo-de-advertorial-para-afiliados
Aqui eles utilizam uma estratégia de falsos comentários no Facebook, nós não recomendamos isso, mas saiba que é uma forma de prova social (falsa).

Acesse por essa url: https://noticiasdesaude.co/skn/liftdream.php

Conclusão

Advertoriais são ótimas opções para se trabalhar pela internet.

Eles são pouco explorados e possuem uma capacidade de conversão muito alta.

Por isso, se você quer vender seu produto pela internet, ou trabalha vendendo produtos de outras pessoas, esta pode ser a sua chance de obter uma explosão de vendas.

Agora, se você quer continuar estudando sobre marketing digital, abaixo eu separei alguns artigos que vão te ajudar:

Gostou? Então nos ajuda compartilhando ?

Artigos Relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *